segunda-feira, 30 de maio de 2011

Honra


Hoje em dia o poder da palavra honra, é tão frágil, nada nem ninguém respeita...
Sinto-me triste por vezes, por sentir que sou o único a acreditar e a respeitar...
Sei que muitos ao ler vão se rir, e pensar - (olha este é mais que os outros, não...), não me importo... Sinto em mim ainda força para defender isto que acredito... Uma palavra que para mim é mais que, como diz Shakespeare
: "O que é a honra ? Uma palavra. O que há nessa palavra honra ? Vento."
Ainda acredito,... talvez seja ingénuo, mas acredito...
Os princípios e a honra, têm que ser superiores a tudo o que de terreno existe, e a quando da palavra dada, jamais se voltar atrás...


"A honra tem assim, as suas regras supremas, e a educação é obrigada a respeitá-las. Os princípios são que nos é sem dúvida permitido preocuparmo-nos com a fortuna, mas que nos é absolutamente proibido fazer o mesmo com a nossa vida."

Baron de la Brede et de Montesquieu

2 comentários:

nini disse...

Será que compreendes mesmo???

Maggie Sousa disse...

é verdade sim