terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Carta ao Pai Natal

Querido Pai Natal,
Chamo-me André e tenho 6 anos.

Neste Natal eu queria um presente muito especial. Eu queria que em todo o mundo houvesse Paz e Amor, mas sei bem que isso é impossível de realizar...
...pelo menos aqui no meu prédio.

Sempre que a vizinha do 5.º Dto. faz amor, não há paz na vizinhança.
Principalmente quando o marido sai em viagem de negócios.
Nesses dias, se calhar a televisão dela fica avariada, porque está sempre a passar aquele
anúncio do shampoo Herbal Essences. "Ò ... sim, sim ... siiiim".

Bem!
Como a Paz e o Amor estão riscados da lista, vou ter que optar pelos bens materiais, coisa que eu não queria nada ...

Para começar, eu queria que este ano a minha prenda de Natal fosse um brinquedo muito divertido que vi na televisão.
Não, não é nenhuma daquelas mariquices dos Action Man, Homem Aranha ou tartarugas Ninja.
O que eu queria mesmo era uma coisa que vi ontem no Telejornal!

Pai Natal, eu queria muito que me trouxesses um brinquedo que se chama RPG 7, que é um lança-granadas igualzinho aqueles que os terroristas usam para rebentar com os americanos no Iraque.

Mas preciso muito que me entregues o brinquedo já este fim-de-semana para eu fazer uma surpresa aos meus coleguinhas lá da escola.
Eles vão estar todos numa festa de Natal, em casa Henrique, que é filho de um grande empresário têxtil, que não paga salários há 3 meses, contrata Matador para dar porrada nos sindicalistas e tem uma amante no prédio onde mora a minha avó.

Todos os coleguinhas da minha sala foram convidados para a festa menos eu, porque o Henrique diz que o meu pai é teso e as minhas roupas parece que foram compradas na Feira de Carcavelos, em segunda mão, aos ciganos.

Eu sei que desfazer os coleguinhas da 1.ª classe com tiros de bazuca não é uma coisa muito bonita. Mas no ano passado fartei-me de fazer boas acções e a prenda que me trouxeste foi a porcaria de um carro telecomandado comprado aos marroquinos, que se avariou logo no primeiro dia.

Bem, pelo menos sempre deu para aproveitar as pilhas para o vibrador da minha mãe!

E por falar na minha mãe, neste Natal queria que ela tivesse uma prenda muito bonita ... pelo que percebi, ela precisa muito de uma padaria mesmo
aqui à porta do prédio, porque há mais de um mês que não vê o padeiro ... pelo menos foi isso que ela contou no outro dia, quando estava ao telemóvel com um amiguinho que se chama Roberto.

Realmente, a minha mãe deve ter muita fome, porque depois começou a dizer ao amiguinho que lhe vai morder o cacete e, a seguir, vai pôs-lo a aquecer na fornalha dela até ele ficar grande ... o que acho esquisito, porque eu aprendi na escola que, sem fermento o cacete não cresce!

Quanto ao meu pai, a prenda dele é uma daquelas máquinas que vendem tabaco nos cafés ... é para ter cá em casa porque sempre que o meu pai sai à noite para comprar tabaco só volta no dia seguinte.

Quando chega a casa diz que correu os cafés todos da zona e só conseguiu encontrar a marca de cigarros que ele fuma em Bragança, na boite A Bruxa.

É engraçado! A minha mãe diz que ele vai a Bragança à procura da brasileira, mas que eu saiba isso não é uma marca de cigarros ... é uma marca de café!
Depois a minha mãe começa a falar em marcas de baton na camisa e aí é que eu fico sem perceber nada!

Olha, mas se não arranjares a máquina, tenta ao menos passar pelo Ribatejo e trazer um par de cornos.
Pelo menos a minha mãe está sempre a dizer que era disso que ele precisava.

Para o meu irmão queria uma coisa mais simples. Basta trazeres umas roupas modernas, dessas que os adolescentes usam. Pelo que percebi, ele
não deve gostar nada das roupas que os meus pais lhe compram, porque todas as noites, quando sai com os amigos, leva os vestidos da minha mãe.

Diz o meu tio Zé que até dá pena ver o meu mano ali na zona do Parque Eduardo VII, com as pernas ao frio e com aquelas botas altas tão
desconfortáveis. Deve-lhe doer muito os pés porque leva a noite inteira a pedir boleia aos carros que passam ...

E pronto, acho que já está tudo! Agora vê lá, não te esqueças de nada, se não sou bem capaz de fazer um telefonema anónimo a uma certa jornalista do Expresso a contar um episódio engraçado que me aconteceu no ano passado,
quando te fui visitar ali a um Shopping Momental, no Saldanha.

Ela vai gostar muito de saber que, quando eu estava no teu colo, aproveitaste para me apalpar o rabo e convidares-me para brincar aos trenós e aos comboinhos na tua casa, em Elvas!

É claro que ambos sabemos que isso não foi verdade! O que aconteceu realmente foi que te apanhei a fumar droga e a veres revistas pornográficas na casa de banho, mas sabes como é a memória das crianças ... vemos muitos desenhos animados e, por isso, estamos sempre a confundir as coisas. E convenhamos que o nome "Bibi da Lapónia" te assenta como uma luva.

Por isso, ou me trazes as prendas todas que te pedi ou é bom que comeces a procurar um bom advogado. E não te esqueças de comprar muitas embalagens de gel de banho. É que ali na prisão de Custóias dizem que é perigoso tomar duche com sabonete ... quando ele cai ao chão se te baixares para o apanhar corres o risco de ... ui ...

Pelo menos é garantido que vais ter um Bom Natal e um Feliz Ânus Novo!

Beijinhos,
Andrézinho

domingo, 15 de novembro de 2009

AMAR

Existem tantas definições…
Tantas formar de o viver, de o sentir,…
Antes de tudo quero dizer que eu penso que amar, não é a mesma coisa que amor.
Amor, é um sentimento frio, uma palavra muitas vezes usada informalmente, e erradamente… deveria ser uma das palavras mais difíceis e classificas de se dizer… Pois é algo de tão poderoso que pode levar as pessoas a fazer muito de errado.
Amar… Amar não… Amar é algo de mágico … E maduro, afável, transparente, tem que ser algo que toca… tem que ser aquele olhar que abre a alma…
AMOR, podemos ter, podemos não ter, é um sentimento ingénuo, egoísta, mimado… Algo que não dá para controlar… uma força dominada, pelo superior interesse do ego, e do capricho.
AMAR, é simplesmente o dar, o querer apenas ver o sorriso do outro, não pede nada em troca… é o saber, parar, o saber olhar, o saber deixar falar a alma, é tão puramente um olhar, um profundo olhar que mesmo que tivesse que morrer, apenas existia o sentimento de realização e felicidade…
É certo que um não pode viver sem o outro,” AMOR-AMAR, AMAR-AMOR”, era fácil se desse para existir um sem o outro… ERA TUDO TÃO MAIS FÁCIL


AMAR, É TER A FORÇA DE DEIXAR PARTIR A OUTRA PESSOA, POR A FELICIDADE DELA EM PRIMEIRO, MESMO QUE ISSO TRADUZA UMA DOR PARA O RESTO DA VIDA.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

ILUSÕES...Ilusões…


Ilusões…
Imagens formadas pelo simples pensar… planos, muitas vezes sem coerência que apenas nós trazem desilusão…
Nem sempre é assim mas 99,99% das vezes é isso que acontece…
Nem vale a pena falar do passado longínquo, porque esse apenas, acarreta dor e morbidez, aquela vontade, de meter a pedra no pescoço e simplesmente atirar-me ao fundo de um rio.
Tenho pena de ser assim. Tenho tanta pena… por vezes sinto tanta dor… Sinto aquele sabor de magoa e desespero que sentimos quando perdemos alguém, ao simplesmente esse alguém nós magoa, ou ainda pior nos ignora…
Ilusões…
Ilusão de ser alguém, e não ser simplesmente este parasita que vive dos restos de sentimentos, de esmolas de olhares, de desejos, de atenção…
Não ser um parasita da própria alma, que fica hipotecada, a cada segundo, a cada falso olhar, a cada engano…
ESTOU FARTO… FARTO…
Porquê continuo a viver esta ilusão, porquê me engano… porquê???
Só quero libertar-me… só quero viver, como qualquer outro… ser um simples homem… um comum homem… UM TRABALHO, UM SORRISO, UM OLHAR… é tudo o que peço…
Em resumo, é simples a solução, CRESCER, DEIXAR DE SER UM IDIOTA, deixar de ser um idealista, ser como todos os outros, um parasita da vida.
Apenas quero, aquilo que todos queres… ser feliz, com ilusões, mas por favor, para variar… que sejam o 0.01%...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

FRASE DO MÊS




O que é bonito neste mundo, e anima, é ver que na vindima de cada sonho fica a cepa a sonhar outra aventura. E que a doçura que não se prova se transfigura noutra doçura muito mais pura e muito mais nova.

(Miguel Torga)

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Vale a Pena pensar nisto...

Frase motivacional do mês...






" Não esmoreças nem desistas. Trabalha no duro! Porque.... Milhares de pessoas que vivem do Rendimento Mínimo, sem trabalhar, dependem de ti! "

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Na escola em 1969 e em 2009...‏

É POR ESTAS E POR OUTRAS QUE ESTAMOS COMO ESTAMOS, NÃO ESTOU A DEFENDER OS PROFESSORES, MAS A DAR RAZÃO EM MUITAS DAS SUAS QUEIXAS.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Da geração rasca para geração merda

O QUE ESTÁ ESCRITO NESTE ARTIGO, NÃO FOI ESCRITO POR MIM, MAS ACHO QUE DEVO MOSTRAR AO MUNDO.

"
"A SIC montou uma gigantesca campanha de promoção para a sua nova série/novela/monte de merda, que dá pelo nome de Rebelde Way.Depois de anos a apanhar bonés, percebeu que a melhor maneira de combater a morangada da TVI era...imitar. É lógico. Era inevitável.Depois de 20 minutos a ver a nova série(o que me provocou uma crise de cólicas da qual só um dia depois começo a recuperar) sinto-me preparado para uma análise.Bora lá. A fórmula é a mesma nos dois canais. Aqui fica a receita:
1 - Pitas boas. Muitas, quanto mais descascadas melhor(as séries de verão são, naturalmente, as melhores, porque eles vão todos juntos para a praia).
2 - Gajos "estilosos". A coisa divide-se em dois: há aqueles que têm quase 30 anos mas fazem de adolescentes, e depois há os que são mesmo adolescentes. Estes últimos são aqueles que se levam a sério enquanto "actores". O requisito essencial para qualquer gajo que entre nestas séries é ter um penteado ridículo.
3 - O Rebelde Way tem gajas do norte. Fazem de gajas daqui, mas aquele sotaque é fodido de perder. Fica ridículo, mas as gajas são boas.
4-Nos Morangos, a palavra "pessoal" é dita 53 vezes por minuto, normalmente inserida nas frases "Eh pá, pessoal!", no início de cada conversa, ou então "Bora lá, pessoal", antes do início de qualquer actividade. Agora vamos à bosta que a SIC acabou de parir, com pompa, circunstância, varejeiras e mau cheiro. Chama-se Rebelde Way. Cool, man! O slogan dos Morangos era "Geração Rebelde", mas a inspiração deve ter vindo de outro lado, de certeza.
O que me irrita na poia da SIC é que os gajos são todos betinhos(até os mânfios são todos giros e cool e com uma caracterização ridícula, como se fossem a um baile de máscaras vestidos de agarrados ou arrumadores de carros). Mas depois são bué rebeldes. São bué mauzões, man! A brincar com os seus iPhone, com as suas roupinhas fashion, grandes vidas, mas muita mauzões.Se há algo que esta geração de morangada não pode ser, não tem direito a ser, é ser rebelde. Rebelde porquê, contra quê? Nunca houve em Portugal geração mais privilegiada do que a actual, à qual esses putos pertencem. Nunca qualquer puto teve tanta liberdade e tanta guita no bolso como esta malta. Nunca as pitas foram tão boas e tão disponíveis para foder com a turma inteira como agora. Nunca houve tamanha liberdade de mandar os pais à merda e exigir uma melhor mesada porque é altura dos saldos. Rebelde porquê? Em nome de quê?É claro que isto são pormenores com os quais as novelas não se deparam, nem têm de o fazer. O objectivo é simples: para uma geração tão privilegiada como aquela que é retratada, há que criar uma rebeldia fictícia, porque não é cool ser dondoca aos 16 anos. Mas é o que todos eles são. Há uns tempos vi, no Largo do Carmo, um bando de uns 15 putos e pitas, vestidos à "dread" com roupinha acabada de comprar na "Pepe Jeans". Um dos putos que ia à frente, não devia ter mais de 16 anos, vem a falar à idiota como se fosse dono da rua, saca duma lata de tinta e escrevinha qualquer coisa de merda na parede. Todos se riram, todos adoraram, e ele foi, durante cinco minutos, o maior do bairro. Não fiz nada, mas devia ter-lhe partido a boca toda.Todas as últimas gerações antes desta(incluindo a minha, a Geração Rasca, que se transformou na Geração Crise - bem nos foderam com esta merda) tiveram de furar, de lutar, de fazer algo. Havia uma alienação mais ou menos real, que depois se podia traduzir nalguma forma de rebeldia. Não era o 25 de Abril como os nossos pais.
A nossa revolução é a dos recibos verdes e da consolidação orçamental. Mas esta morangada sente-se, devido à merda que a televisão lhes serve e aos paizinhos idiotas que(não) a educaram, que é dona do mundo. Quando já és dono do mundo, vais revoltar-te contra quem? E por que raio haverias de o fazer?! E assim vamos nós. Com novelas de putos "rebeldes", feitas por "actores" cujo momento de glória é entrar numa boys band ou aparecer de cú ao léu na capa da FHM, ensinando a todos os outros putos que temos que ter cuidado com as drogas(mas todos os agarrados são limpinhos, assépticos, com os mesmos penteados ridículos), que a gravidez adolescente é má(mas todas as pitas querem foder à grande, porque são donas da sua própria vida e os pais não sabem nada, etc) e que, sobretudo, este mundo lhes deve alguma coisa. Os tomates!!! A mim e aos meus, o mundo deve alguma coisa. Aos que foram atrás da merda do canudo para trabalhar num call center, aos que se matam a trabalhar e são forçados a ser adultos antes do tempo. Não a esta cambada de mentecaptos. E depois estas séries vão retratando "problemas sociais da juventude", afagando a consciência de quem "escreve" aquela merda, enquanto ao mesmo tempo incentivam esta visão egocêntrica, egoísta e vácua desta geração acabadinha de sair do forno. Talvez eu esteja a ficar velho e a soar como o meu pai. Lamento se não é cool. Mas esta merda enoja-me. Vão ser rebeldes pó caralhete.
Anónimo(senão ainda vou dentro)...!! "

domingo, 25 de outubro de 2009

UM OLHAR...

Descobri algo que me deixar intrigado… Algo que não pensei ser possível…
Um tal olhar que nada diz, ou melhor nada pensei dizer, até que vi algumas palavras que me deixaram pensativo… a pensar no RESET das coisas… que alguns “apagamentos” não deveriam ser feitos…
Mas e agora que vou eu fazer…
Simples nada, o erro é meu, e como digo sempre mais vale partir que dobrar… mais vale partir de ver… DO QUE IR DOBRANDO…
Só vai dobrando quem é fraco…
Neste momento deve estar tudo a pensar (lol as duas pessoas que possivelmente iram ler… ), este tipo é um pretensioso do pior… que acha ele que é para dizer uma coisa destas.
POIS É, sou alguém, que por muito que custe a muitos, penso assim, e não vou mudar…
Quem dobra é fraco…MAS também há quem dobre para crescer na vida… SIM É ISSO MESMO QUE ESTÃO A PENSAR… TODOS ESSES dobrares…
Bem mas voltando ao assunto que tenho em mente…
É ESTRANHO eu ter visto isto apenas agora… porque já tinha notado a tanto tempo e nunca liguei… Se calhar liguei mas como sempre, sei bem o tamanho do meu “camião”… e sei até onde e como posso ir… e mais uma vez sem dobrar…
Em resumo…
Tenho pena de ter visto tarde… ai aquele olhar… tal frágil… tão pequena… tão insegura… LEMBRANÇAS, tristezas, infâmias, dores, barreiras…
Enfim, apenas um olhar, que na sua conjuntura leva a este pensamento… e ao reviver e viver de NOVO.

Odracir sotnas

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Novo Governo de Sócrates

José Sócrates apresentou esta tarde a composição do novo Governo a Cavaco Silva. Entre as novas caras estão Isabel Alçada e António Mendonça. E tal como se previa, Teixeira dos Santos, Vieira da Silva e Luís Amado mantêm-se no Executivo.
José Sócrates apresentou esta tarde a composição do novo Governo a Cavaco Silva. Entre as novas caras estão Isabel Alçada e António Mendonça. E tal como se previa, Teixeira dos Santos, Vieira da Silva e Luís Amado mantêm-se no Executivo.Teixeira dos Santos, Vieira da Silva, Luís Amado, Ana Jorge, Augusto Santos Silva, Rui Pereira, Alberto Martins, António Manuel Serrano, António Ascensão Mendonça, Dulce Pássaro, Maria Helena dos Santos André, Isabel Alçada, Mariano Gago, Maria Gabriela Canavilhas, Jorge Lacão, Pedro Silva Pereira são os nomes dos ministros que vão formar o novo Governo.São 16 ministérios, sendo que metade do executivo é composto por "caras novas" e a outra metade por "repetentes", embora com algumas trocas de pastas.
Teixeira dos Santos, que assumiu a pasta das Finanças a após a demissão de Campos e Cunha, mantém-se em funções, continuando assim à frente do Fisco, num período em que terá como missões, a elaboração do Orçamento do Estado, o controlo das contas públicas e as reformas da administração pública.
Vieira da Silva, que ficou com a pasta da Segurança Social no anterior Governo, passa a ser o responsável pela pasta da Economia, num período em que as tarefas de atrair investimento para Portugal e de manter as empresas de portas abertas serão as suas principais missões.
António Augusto Ascenção Mendonça, vai assumir a pasta das Obras Públicas, numa altura em que as decisões sobre o TGV e o novo aeroporto estão por tomar. Doutorado em Economia, Mendonça foi até à poucas semanas Presidente do Conselho Directivo do ISEG, tendo sido substituído por João Duque. Mendonça terá agora a cargo a execução dos investimentos públicos que o Governo quer manter, sendo os mais emblemáticos o TGV, o novo aeroporto e os concursos para as auto-estradas.
Luís Amado, mantém a pasta dos Negócios Estrangeiros, depois de ter transitado do ministério da Defesa para esta pasta durante a anterior legislatura.
Maria Helena André, assume a pasta do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, num período em que se prevê que o desemprego continue a aumentar.
Rui Pereira, que no anterior Governo tinha a pasta da Administração Interna, vai manter as suas funções no novo Executivo.
Ana Jorge, que assumiu a pasta da Saúde depois da saída de Correia de Campos devido à polémica gerada com as reformas que se fizeram na urgências e que afectaram algumas populações. Ana Jorge tomou posse e conseguiu acalmar os ânimos tendo sido pouco depois posta nos focos das atenções devido à Gripe A.
António Manuel Soares Serrano, professor na Universidade de Évora, será o novo ministro da Agricultura, depois de muita polémica gerada em torno dos fundos comunitários neste sector.
Maria Gabriela Canavilhas, que substitui Pinto Ribeiro na pasta da Cultura.
Alberto Martins, que estava como líder Parlamentar da bancada socialista, passa a desempenhar funções como ministro da Justiça.
Dulce Pássaro, é a nova ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território. Esta nova responsável está actualmente no Conselho Directivo do Instituto Regulador de Águas e Resíduos.
Mariano Gago, mantém-se como ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
Isabel Alçada, é a nova ministra da Educação e terá como principal missão apaziguar as relações entre o Governo e os professores, depois da reforma do sistema de educação ter gerado manifestações e muita polémica.
Jorge Lacão, que tinha como funções a secretaria de Estado do Conselho de Ministros no anterior Executivo. O responsável passa agora a desempenhar as funções de relações com o Parlamento e com a comunicação social.
Pedro Silva Pereira, mantém-se como ministro da Presidência, uma função que já desempenhava no Governo que está agora de saída.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

COMO PERDER OS DENTES EM 18 SEGUNDOS

video

Só com Pancada:)...

O QUE MERECE UMA PERSONAGEM ASSIM??... :)
video

Agora vai ser a doer!- NOVOS RADARES



Vejam com atenção os novos 'radares' para as auto-estradas.Tão bem disfarçadinhos nos ‘rails’... Ninguém os vai ver!Agora é que vai ser uma fartura... A caçar multas!Tenham muito cuidado. Vai passar a ser mesmo a doer...




XIV TROVAS BRAGA - FESTIVAL DE TUNAS FEMININAS


Melhor Tuna: Atituna, Tuna Feminina da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade do Porto
Tuna mais Tuna: "A feminina", Tuna Feminina da Faculdade de Farmácia de Lisboa
Melhor Pasa-calles: Tuna Javeriana da Colombia
Melhor Pandeira: TFIST, Tuna Feminina do Instituto Superior TécnicoMelhor Instrumental: "A Feminina", Tuna Feminina da Faculdade de Farmácia de Lisboa
Melhor Estandarte: "A Feminina", Tuna Feminina da Faculdade de Farmácia de Lisboa
Melhor Solista: Atituna, Tuna Feminina da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade do Porto

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

MARAVILHAS DO MUNDO

O HOMEM SONHA, IMAGINA E CRIA ALGUMAS DAS MAIS VARAVILHORAS CONTRUÇÕES DO MUNDO.
A FORÇA DO PENSAMENTO HUMANO ULTRPASSA TUDO, SENÃO VEJAMOS ESTAS CONTRUÇÕES.
VALE A PENA OLHAR E OLHAR, O QUE DE MASI BELO E BIZARRO A MENTE HUMANA PODE CRIAR.


The Crooked House ( Sopot , Poland )

Kansas City Public Library ( Missouri , United States )


The Ufo House ( Sanjhih , Taiwan )



Erwin Wurm: House Attack ( Viena , Austria )

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Precisa-se de matéria prima para construir um País


Eduardo Prado Coelho - in Público


A crença geral anterior era de que Santana Lopes não servia, bem como Cavaco, Durão e Guterres. Agora dizemos que Sócrates não serve.E o que vier depois de Sócrates também não servirá para nada.Por isso começo a suspeitar que o problema não está no trapalhão que foi Santana Lopes ou na farsa que é o Sócrates. O problema está em nós. Nós como povo.Nós como matéria prima de um país.Porque pertenço a um país onde a ESPERTEZA é a moeda sempre valorizada, tanto ou mais do que o euro. Um país onde ficar rico da noite para o dia é uma virtude mais apreciada do que formar uma família baseada em valores e respeito aos demais. Pertenço a um país onde, lamentavelmente, os jornais jamais poderão ser vendidos como em outros países, isto é, pondo umas caixas nos passeios onde se paga por um só jornal E SE TIRA UM SÓ JORNAL,DEIXANDO-SE OS DEMAIS ONDE ESTÃO. Pertenço ao país onde as EMPRESAS PRIVADAS são fornecedoras particulares dos seus empregados pouco honestos, que levam para casa,como se fosse correcto, folhas de papel, lápis, canetas, clips e tudo o que possa ser útil para os trabalhos de escola dos filhos... e para eles mesmos. Pertenço a um país onde as pessoas se sentem espertas porqueconseguiram comprar um descodificador falso da TV Cabo, onde se frauda a declaração de IRS para não pagar ou pagar menos impostos. Pertenço a um país:-Onde a falta de pontualidade é um hábito;-Onde os directores das empresas não valorizam o capital humano.-Onde há pouco interesse pela ecologia, onde as pessoas atiram lixo nas ruas e, depois,
reclamam do governo por não limpar os esgotos.-Onde pessoas se queixam que a luz e a água são serviços caros.-Onde não existe a cultura pela leitura (onde os nossos jovens dizem que é 'muito chato ter que ler') e não há consciência nem memóriapolítica, histórica nem económica.-Onde os nossos políticos trabalham dois dias por semana para aprovar projectos e leis que só servem para caçar os pobres, arreliar a classe média e beneficiar alguns. Pertenço a um país onde as cartas de condução e as declarações médicaspodem ser 'compradas', sem se fazer qualquer exame.-Um país onde uma pessoa de idade avançada, ou uma mulher com uma criança nos braços, ou um inválido, fica em pé no autocarro, enquanto a pessoa que está sentada finge que dorme para não lhe dar o lugar. Um país no qual a prioridade de passagem é para o carro e não para o peão. Um país onde fazemos muitas coisas erradas, mas estamos sempre a criticar os nossos governantes.Quanto mais analiso os defeitos de Santana Lopes e de Sócrates, melhor me sinto como pessoa, apesar de que ainda ontem corrompi um guarda de trânsito para não ser multado. Quanto mais digo o quanto o Cavaco é culpado, melhor sou eu como português, apesar de que ainda hoje pela manhã explorei um cliente que confiava em mim, o que me ajudou a pagar algumas dívidas.Não. Não. Não. Já basta. Como 'matéria prima' de um país, temos muitas coisas boas, mas falta muito para sermos os homens e as mulheres que o nosso país precisa. Esses defeitos, essa 'CHICO-ESPERTERTICE PORTUGUESA' congénita, essa desonestidade em pequena escala, que depois cresce e evolui até se converter em casos escandalosos na política, essa falta de qualidade humana, mais do que Santana, Guterres, Cavaco ou Sócrates, é que é real e honestamente má, porque todos eles são portugueses como nós, ELEITOS POR NÓS. Nascidos aqui, não noutra parte... Fico triste.Porque, ainda que Sócrates se fosse embora hoje, o próximo que o suceder terá que continuar a trabalhar com a mesma matéria prima defeituosa que, como povo, somos nós mesmos.E não poderá fazer nada...Não tenho nenhuma garantia de que alguém possa fazer melhor, mas enquanto alguém não sinalizar um caminho destinado a erradicar primeiro os vícios que temos como povo, ninguém servirá. Nem serviu Santana, nem serviu Guterres, não serviu Cavaco,
nem serve Sócrates e nem servirá o que vier.Qual é a alternativa ?Precisamos de mais um ditador, para que nos faça cumprir a lei com a força e por meio do terror ? Aqui faz falta outra coisa. E enquanto essa 'outra coisa' não comece
a surgir de baixo para cima, ou de cima para baixo, ou do centro para os lados,
ou como queiram, seguiremos igualmente condenados, igualmente estancados... igualmente abusados !É muito bom ser português. Mas quando essa portugalidade autóctone começa a ser um empecilho às nossas possibilidades de desenvolvimento como Nação, então tudo muda...Não esperemos acender uma vela a todos os santos, a ver se nos mandam um messias.Nós temos que mudar. Um novo governante com os mesmos portugueses nada poderá fazer.Está muito claro... Somos nós que temos que mudar.Sim, creio que isto encaixa muito bem em tudo o que anda a acontecer-nos:Desculpamos a mediocridade de programas de televisão nefastos e,francamente, somos tolerantes com o fracasso. É a indústria da desculpa e da estupidez.Agora, depois desta mensagem, francamente, decidi procurar o responsável, não para o castigar, mas para lhe exigir (sim, exigir)que melhore o seu comportamento e que não se faça de mouco, de desentendido. Sim, decidi procurar o responsável e ESTOU SEGURO DE QUE O ENCONTRAREI QUANDO ME OLHAR NO ESPELHO.AÍ ESTÁ. NÃO PRECISO PROCURÁ-LO NOUTRO LADO. E você, o que pensa ?...

FRASE DO MÊS


"Ao amanhecer, pense positivo, assim quando chegar o entardecer você terá uma colheita de muitas energias positivas para armazenar na sua mente." - Reimivaldo Ramos

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Emo



Este termo originalmente era utilizado para designar o estilo de música “emotional hardcore” dos anos 80 no cenário punk rock. No entanto, nenhuma banda mesmo aquelas que deram origem ao estilo, aceitam o rótulo de emo. Esta palavra é ambígua, pois pode ser utilizada tanto como um rótulo que agrega bandas que emergem do cenário undergroud, quanto para definir a cultura


alternativa onde uma pessoa demonstra muita sensibilidade. Muitos jovens se identificam com a ideologia emo, outros apenas curtem a forma deles se vestirem. Assim como qualquer outro grupo social, os emos também são alvo de muito preconceito, principalmente pela parte conservadora da sociedade. Para uma pessoa mais velha ver um rapaz com cabelos mais longos, com a franja caída no rosto, um lápis preto nos olhos e unhas pintadas de preto é algo muito estranho e, na maioria das vezes por não conhecer é que nasce o preconceito. Pois a sociedade sempre impôs parâmetros a serem seguidos por todos, se alguém foge a regra, é considerada uma pessoa anormal, vista como o “mal” da sociedade. Mas, antes de tudo deve-se ter respeito pelo outro, cada um é livre para escolher ser e fazer o que achar melhor. Lembrando sempre que “Meus direitos começam onde terminam os seus...”. Do que eles gostam? O emo dá preferência a roupas pretas, podendo utilizar peças de tom claro, porém em sua maioria são tons escuros. Maquiam os olhos com lápis preto, usam franjas caídas no rosto. Curtem um estilo musical que engloba o som pesado do punk rock com letras que falam do sentimento, emoções, etc., um bom exemplo são as bandas NXZero, Simple Plan, Blink 182, entre outras.






o que é EMO???




A seguir tem algumas dicas...




01- Nunca admita que você é emo, por que os emos que admitem ser emos são considerados posers de emo, que é pior que ser emo ( se é que existe coisa pior ).


02- Use roupas de velhos e de crianças de cinco anos de idade, misture camisas polos, com listras, coletes, suéter.Essas coisas fora de moda. ( E olha que os emos falam que estão na moda ) 03- Use óculos mesmo que você não precise deles, de preferência estilo soldador.


04- Sempre reclame do sistema e nunca faça nada pra ele melhorar, apenas reclame.


05- Mesmo estando feliz, se mostre triste para todo mundo ficar com pena de você.


06- Não olhe ninguém nos olhos, dê uma de cachorro com fome.


07- Ao ver uma briga na rua, faça um escândalo e depois comece a chorar e falar sobre a violência no mundo ( isso fará você ganhar afagos e carícias ).


08- Chore por uma mosca ter pousado no seu ombro.


09- Use roupas do sexo oposto.


10- Pinte o cabelo de cores estranhas.


11- Pague pau, um emo sem pagar pau não é emo.


12- Se perguntarem se você é emo, diga que é HC, essa é a desculpa de todos emos.


13- Corra atrás dos mais populares, na esperança de você virar um deles.


14- Tire fotos com poses descontraídas, fotos sem sentido, e em preto e branco.As coloridas são tiradas pelos posers de emo.


15- Comece a se interessar pelos anos 50, 60 e 70, apesar de você nem ter pensado em existir nessa época.


16- Mude o nick do seu MSN e Orkut regularmente.


17- Coloque prefixos antes do nick ou nome como Srta, Srto, Dona, Dono, Lady, Sr, Seu, Mister, etc...


18- Use cintos cheios de enfeites de metal.


19- De uma de criança, e relembre todas as suas brincadeiras, recordando-as em fotos e postando em seus respectivos flogs.


20- Convide quem você não é muito próximo pra comentar no seu flog.


21- Se você for do sexo feminino, ponha algo do tipo no seu profile do Orkut: Não sou produto, não to a venda, não me rotule, não me use, não me empreste, etc...


22- Se faça de coitado(a) e diga todos seus defeitos e problemas no seu profile.


23- Não coma carne, você tem pena dos pobres animaizinhos.


24- Chegamos ao número emo.


25- Use lacinhos.


26- Use allstar rabiscado. ( se for quadriculado melhor ainda )


27- Curta rock britânico. estilo the libertines. 28- Tire fotos com a boca torta e cara de pensativo. 29- Não esqueça dos piercings.


30- Nas festas vá a caráter emo e dance reggae e funk. ( não ligue pro que os outros vão dizer ) 31- Use um estilo dark pra fazer concorrência com metal.


32- Use maquiagem exagerada seja homem ou mulher.


33- Se você for menina, chame a sua melhor amiga de marida.


34- Use bótons e mais bótons.


35- Ao sair com outros emos, de risada de tudo e tente se achar o dono(a) da situação.


36- Em festas de 15 anos, vá de allstar, terno e maquiagem. ( vai ficar lindo e todos os emos vão querer você )


37- Diga que é contra o imperialismo americano mas use e abuse de música/marcas/logos estadunidenses.


38- Seja viciado em The OC.


39- Tenha webcam mas nunca convide ninguém nem aceite convites. ( aliás você não deve aceitar nada descente )


40- Dê uma de maníaco depressivo sem ter depressão.


41- Mexa com pessoas na rua. ( é um ótimo exercício )


42- Fale mal de todo mundo pelas costas. ( seja amigo ou não. )


43- Use Franjas gigantes, cortes de cabelo emo e se ache com eles. 44- Vá cortar cabelo no estagiário do Senac.


45- Cultue seu All Star.


46- Ouça Blink 182 e Good Charlotte. ( bandas extremamente "batutas" na sua gíria. )


47- Em tempos de aula, use seu uniforme como roupa normal.


48- Tenha um mal gosto da p#%%@.


49- Se adicione no MSN e use nicks bem coloridos.


50- Saia cantarolando "fresno" pela rua.


51- Dê uma de intelectual sem mesmo saber quanto é 2 + 2. ( não se esqueça dos óculos de solda. )


52- Fale abobrinhas sem exitar.


53- Faça um escândalo por qualquer coisa.


54- Se revolte com tudo que você não gosta e chore por causa disso.


55- Tire fotos com cara de triste.


56- Use alargador na orelha. ( enquanto não passar um cabo de vassoura não é o suficiente. )


57- Assista programas infatis como Barney e Telletubies com os amigos(as) e ria pra valer.


58- Leia Capricho.


59- Se você for menina se ache uma garota malvada.


60- Não esqueça que você sempre está certo(a).


61- Substitua todos os seus CD's por discos de vinil. ( qualidade vem em segundo lugar. )


62- No MSN dê risadas estranhas e loucas e use gírias próprias.


63- Ignore todos que não são emos.


64- Você sempre é a vítima.


65- Infeste locais públicos e faça deles seu point.


66- Vire escravo do que você chama de moda.


67- Faça tudo para aparecer ou para os outros notarem sua presença. ( isso inclui auto humilhação e choro. )


68- Seja um(a) maria vai com as outras. ( acima de tudo isso. )


69- Já mencionei chorar por qualquer coisa?


70- Compre roupas no brechó mais porco da sua cidade.


71- Tente parecer um nerd.


72- Use desenho de caveiras enfeitadas. ( se forem rosas melhor ainda. )


73- No seu quarto tenha sempre posters de bandas HC/Emo.


74- Fofoque.


75- Evite ter relações sexuais com pessoas do sexo oposto.


76- Evite pensar. ( além de consumir seu cérebro fede. )


77- Seja fútil e superficial.


78- Se você tiver namorada(o) e ela o dispensar corra pro primeiro macho que você encontrar na rua. ( vai ser divertido. )


79- Se humilhe por bobagens. ( como chicletes ou ainda por um beijo de um amigo. )


80- Beijar pessoas do mesmo sexo é fundamental e sadio.


81- Não mostre empolgação, é "cafona".


82- Afaste-se de todos os seus amigos, você tem novos amigos emos agora e só pode andar com eles.


83- Não se assuste se você apanhar por qualquer motivo.Mesmo que ele não exista.


84- Fique feliz se te jogarem em uma lixeira. ( afinal, você já fede mesmo. )


85- Goste de bonecas mesmo que você seja homem e tenha dezoito anos.


86- Nunca use violência contra ninguém, apanhe e agradeça por isso.


87- Use ofensas como: bobo, feio, cara de mamão, etc...


88- Acredite em Papai Noel e coisas do tipo.


89- Tenha medo de palhaços. ( afinal, eles são felizes. )


90- Sinta-se incompreendido(a). ( estamos carecas de saber o que você pensa e é, mas mesmo assim sinta-se dessa forma. )


91- Tente corrigir todos com o que você acha que é certo. ( todos são burros perto de você. )


92- Não pratique esportes. ( você pode suar. E seu esporte nato é a vadiagem.)


93- Tenha como hobbie o tricô, crochê, pqp, etc...


94- Faça poses extremamente inúteis e bizarras.


95- A beleza é a única coisa que importa. ( mesmo você sendo ridículo. )


96- Deprede patrimônios públicos.


97- Nunca seja você mesmo(a). ( siga a moda e o que te deixe mais popular. )


98- Nunca esteja satisfeito(a) com o que tem. ( explore seus pais ao limite. )


99- Deixe de lado tudo que você gosta. ( agora você é emo. )


100- Relembrando o primeiro e o mais importante passo. NUNCA, NUNCA, NUNCA Admita que você é emo! Nunca!




- EMO, são um bando de viadinhos que se vestem de preto, choram por qualquer coisa e que gostam de Rock certo??



Errado! Uma pessoa emo, não importa se é homem ou mulher, é uma pessoa sensível, que tem sentimentos pelos outros, ao contrário de outras pessoas, que só pensam em dinheiro, fama e não se importam com os sentimentos dos outros. Se você escolhe ser um EMO, definitivamente irá sofrer muuuito em sua vida, pelos comentários dos colegas, zoações na escola e na rua e até ser rejeitado pela sua própria família!!! Imagine, tudo o que um EMO sofre!!! Eu, nunca tive amizade com nenhuma pessoa EMO (fora o dono do Blog. Xii, depois dessa serei demitido!!) e se tivesse também, levaria numa boa, pois a orientação sexual do outro, não me importa!! Tendo um bom coração, sendo totalmente verdadeiro, conquista a minha amizade… O jeito é ser você mesmo, aceitar os outros e viver a vida intensamente, sem preconceito!!!


terça-feira, 1 de setembro de 2009

FRASE DO MÊS


"A verdadeira sabedoria consiste em saber como aumentar o bem-estar do mundo."

(Benjamin Franklin)

sábado, 29 de agosto de 2009

MÉTODO D´HONDT

O método D'Hondt, também conhecido como método dos quocientes ou método da média mais alta D'Hondt, é um método para alocar a distribuição de deputados e outros representantes eleitos na composição de órgãos de natureza colegial. O método tem o nome do jurista belga que o inventou, Victor D'Hondt. O método é usado em Portugal, Brasil e em muitos outros países.
O método consiste numa fórmula matemática, ou algoritmo, destinada a calcular a distribuição dos mandatos pelas listas concorrentes, em que cada mandato é sucessivamente alocado à lista cujo número total de votos dividido pelos números inteiros sucessivos, começando na unidade (isto é no número 1) seja maior. O processo de divisão prossegue até se esgotarem todos os mandatos e todas as possibilidades de aparecerem quocientes iguais aos quais ainda caiba um mandato. Em caso de igualdade em qualquer quociente, o mandato é atribuído à lista menos votada.
Utilizando representação matemática, o método pode ser representado pelo fórmula , onde V é o número total de votos apurado para a lista e s o número de lugares já colocados na lista em cada iteração do cálculo. O processo repete-se até todos os lugares estarem atribuídos.
O processo de Hondt, tal como o de o Saint-Laguë e outros similares, baseia-se na atribuição dos mandatos por forma a que a proporcionalidade entre os votos recebidos pelas listas seja reproduzida, tanto quanto possível, na composição do órgão eleito, sem descurar a introdução de um factor de discriminação positiva em relação às minorias, permitindo-lhe uma representação que a simples divisão aritmética dos votos lhes negaria. Ao contrário do que acontece em órgãos colegiais compostos por simples maioria, nos compostos utilizando estes métodos, as minorias em geral conseguem representação razoável.
O método pode ser utilizado com o estabelecimento de limiares mínimos de eleição, sendo nesse caso eliminados de consideração os votos que recaiam nas listas cuja percentagem no total seja inferior ao mínimo estabelecido. Outra variante permite que o eleitor determine a sequência de atribuição dos mandatos dentro de cada lista, sendo os mandatos atribuídos à lista ocupados por ordem decrescente dos votos no candidato. A variante mais comum do Método de Hondt é o denominado Sistema Hagenbach-Bischoff, em que se permite a existência de um mecanismo de quotas na distribuição dos mandatos sem contudo perder a proporcionalidade.
Apesar de favorável à representação das minorias, o método de Hondt é menos vantajoso para os pequenos grupos do que o método de Sainte-Laguë, outro método de determinação da representação proporcional também frequentemente utilizado.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Nós, a nossa alma e a Paradaia

O património histórico-arqueológico e a sua conservação têm vindo a ganhar consideração e importância cada vez maior na sociedade portuguesa. Como tal, não se pode desprezar esse facto no licenciamento de uma pedreira, devendo de antemão criar-se condições para que exista uma harmonia entre os fins a que se destina o projecto e as condições preexistentes no local de intervenção. No caso da pedreira do alto da Paradaia, os impactes ambientais e patrimoniais são manifestamente excessivos, gerando uma onda de descontentamento público que teve expressão neste jornal a partir do ano de 2006. É de todo conveniente tomarem-se rapidamente medidas de minimização dos prejuízos da exploração que já são visíveis, pois estamos em presença de valores culturais e estimativos muitos relevantes. Atravessando o monte da Paradaia existem caminhos antigos, um dos quais servia de comunicação entre as localidades de Romãs e do Carvalhal, passando próximo da ermida da Senhora do Barrocal. Se actualmente estão na moda os percursos pedestres, aqui está um de excelência. Dificilmente encontraremos paisagem tão arrebatadora como a penedia da Paradaia, ou do «fragoso monte chamado Barrocal», conforme é nomeada nas memórias paroquiais de 1758.
Mas para falarmos das tradições e valores estimativos deste monte, preferimos ceder a palavra a quem tem o dom de pôr em quadras o que lhe vai na alma. Quer o título deste artigo, quer o texto de apresentação que se segue, passando pela recolha das quadras da D. Sara Nunes e as quadras de «resposta», são da autoria do Sr. Fernando Leitão. A ambos os autores os nossos agradecimentos por partilharem a sua arte connosco.

Abel Estefânio
aestefânio@hotmail.com

In "Gazeta de Sátão"

sábado, 15 de agosto de 2009

"O ÚNICO HOMEM QUE NUNCA COMETE ERROS É AQUELE QUE NUNCA FAZ COISA ALGUMA. NÃO TENHA MEDO DE ERRAR, POIS APRENDERÁ A NÃO COMETER DUAS VEZES O MESMO ERRO."

Teodore Roosevelt

terça-feira, 4 de agosto de 2009

FRASE DO MÊS




"Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?"


(Fernando Pessoa)

terça-feira, 21 de julho de 2009

O MONTE DA PARADAIA, continua a ser mutilado por uma exploração de granito.

"Na sequência do artigo do mês passado “Dossier da Paradaia – impacte ambiental e arqueológico”, procurei investigar a origem do topónimo Paradaia, que dá o nome ao monte existente na freguesia de Romãs. Esta tarefa revelou-se difícil, tendo mesmo verificado que o topónimo Paradaia não aparece no Reportório Toponímico de Portugal. Por outro lado, o local vem assinalado nas memórias paroquiais de 1758 como o monte do Barrocal. Assim, do topónimo Paradaia apenas conheço as referências que a ele fazem os meus vizinhos e o facto de constar na monografia “Terras do concelho de Sátão”, do saudoso cónego Albano de Sousa, em edição da Câmara Municipal de Sátão. Do que diz este livro sobre a Paradaia já tratei no meu artigo do mês passado. Encontrei agora na internet um texto que começa assim: “Ainda o sol mal tinha esfregado os olhos, atrás do monte da Paradaia, já a tia Elvira tinha o lume aceso”. A sequência completa do texto pode ser encontrada no título Escrevinhar I que consta do blog escreverpalavras.blogs.sapo.pt. Não encontrei o nome do autor do blog, mas aqui fica mais uma expressão do sentimento que os habitantes locais têm pelo seu magnífico monte.
Foi também pela internet que obtive uma preciosa colaboração para a interpretação do topónimo Paradaia. O que se segue, devo à amabilidade de Manuel Carvalho, mestre em estudos portugueses pela Universidade de Aveiro e investigador de toponímia portuguesa. Após constatar a existência na encosta do monte da capela da Senhora do Barrocal e da romaria de Nossa Senhora das Candeias ou da Fevereirinha, porque se realiza no dia 2 de Fevereiro, formula a seguinte hipótese:
Esta romaria corresponderá, quase pela certa, considerando as particularidades do lugar e os respectivos achados, à cristianização do festival celta do primeiro dia de Fevereiro, conhecido por Imbolc "Purificação" ou Dia da Senhora, que honrava a deusa Brigitt, «filha do deus Dagda, a deusa tripla dos cabelos de ouro. Era a mãe, a filha e a esposa dos deuses das origens e dos primeiros druidas. Personificava a poesia, a saúde, a força, a adivinhação, a inteligência e protegia o lar». O processo da cristianização, perante a dificuldade em erradicar as múltiplas manifestações da religião e dos costumes pagãos, transformou esta deusa Brígida em Santa Brígida, arvorando-a em padroeira da Irlanda, com culto generalizado nesse mesmo dia 1 de Fevereiro.
A ocupação romana trouxe consigo um pouco de todo o império, incluindo, como não podia deixar de ser, a sua religião, abrindo caminho a novos sincretismos.
Neste mesmo mês de Fevereiro, entre os dias 13 e 21, a velha Roma promovia um dos seus maiores festivais religiosos, que pretendia honrar os mortos e aproximar os membros da família, envolvidos na visita aos túmulos dos seus familiares, onde levavam flores e oferendas de sal e de pão embebido em vinho.
Considerando as características do Monte da Paradaia e a existência ali de uma necrópole, pensamos ter encontrado a resposta para a origem deste topónimo no festival religioso a que acabámos de aludir. A legitimação desta hipótese, que até o nome da freguesia parece confirmar, deixamo-la a cargo de quem melhor a pode fazer: a Arqueologia.
Parentalia, era o nome deste festival, e daqui podia derivar o nome Paradaia, mediante fenómenos fonéticos presentes na formação da língua portuguesa: Parentalia > *parantalia (assimilação da segunda sílaba por influência das envolventes) > *paratalia (assimilação progressiva da segunda sílaba por desnasalação) > *paradalia (por sonorização do intervocálico -t- > -d-) > Paradaia (por síncope do -l- intervocálico).
Esta interessante hipótese para a origem do topónimo Paradaia está publicada no blog do autor deaveiroeportugal.blogspot.com.
Quanto ao monte da Paradaia, protagonista desta história, continua a ser mutilado por uma exploração de granito no local, conforme documenta a fotografia. Associa-se assim, ironicamente, a sua função antiga ao seu estado actual: é de bradar aos céus!"

Abel Estefânio
Economista
aestefanio@hotmail.com

In "Gazeta de Sátão"

Pedra com a inscrição moçárabe do Barrocal

Sou a comunicar algo de muita importância para o concelho de Sátão, algo que não se vê todos os dias. O Dr. Abel Estefânio, Economista de Profissão e um amante da História, vai participar como orador no "900 anos do nascimento de D. Afonso Henriques" em Viseu. Apesar de não ser natural do concelho, este amigo do concelho de Sátão tem contribuído com inúmeras pesquisar de elevado valor, que permitem conhecer o nosso património, e o bem e mal que nele têm efectuado. Por isso vou publicar com autorização, alguns dos artigos elaborados pelo Dr. Abel Estefânio.



"No âmbito das comemorações do nascimento de D. Afonso Henriques, a Câmara Municipal de Viseu vai realizar uma exposição temporária com património identitário dos séculos XI ao XIV, subordinada ao tema “Arte, Poder e Religião… dos Tempos Medievais”. Procura-se evidenciar as relações de D. Afonso Henriques com a região de Viseu: identificar aspectos da História Medieval através dos objectos expostos; reconhecer os elementos estruturantes da cultura e das vivências medievais na região; valorizar, divulgar e projectar alguns dos “tesouros” do património artístico de Viseu e da região Centro.
Entre as peças seleccionadas para integrar este discurso expositivo, a Comissão Científica, constituída por historiadores de arte e investigadores, seleccionou a pedra com a inscrição moçárabe do Barrocal. Trata-se de uma pedra com um motivo decorativo moçárabe e uma ténue inscrição em latim, cuja existência sempre foi conhecida por parte da população local, mas que só recentemente, com os bons ofícios do Sr. José Almeida, presidente da Junta de Freguesia de Romãs, foi possível valorizar, culminando com a sua exposição no museu Grão Vasco. Recordamos que demos uma primeira notícia no «Gazeta» de Fevereiro, da interpretação da inscrição pelo Professor Doutor Mário Barroca, professor associado da Faculdade de Letras da Universidade do Porto e investigador na linha da arqueologia medieval. Merece a pena referir, para os leitores interessados, que a sua tese de doutoramento “Epigrafia Medieval Portuguesa” se encontra disponível para consulta na Biblioteca Municipal de Sátão. Este reputado epigrafísta procedeu à leitura da inscrição, lendo a palavra «PERFECTA» alusiva à sagração de um templo medieval, que datou do século X. A partir daí registamos o interesse crescente que o achado revestiu para vários investigadores, historiadores e arqueólogos, que visitaram o local. É neste quadro que a pedra com a inscrição foi seleccionada para fazer parte da exposição que se realizará no Museu Grão Vasco.
Esta exposição, ligada às origens da nacionalidade, será importante não só para professores e alunos, mas também para todos que desejem conhecer melhor a nossa história. A exposição terá lugar na sala de exposições temporárias, onde ficará patente ao público entre 9 de Agosto e 14 de Novembro de 2009, no seguinte horário: terça-feira 14h00, 18h00 – Quarta a Domingo10h00, 18h00.
Fica aqui expresso mais um importante testemunho sobre o elevado interesse histórico e patrimonial do monte do Barrocal ou da Paradaia, conforme registou, na monografia do concelho de Sátão, o saudoso Cónego Albano de Sousa, e que temos vindo a defender numa série de artigos neste jornal. "

Abel Estefânio
aestefanio@hotmail.com


In "Gazeta de Sátão"

sexta-feira, 17 de julho de 2009

PONTAS SOLTAS

É estranho o sentimento. É algo que nos ultrapassa, algo que nos faz pensar, que nos faz sentir mais e novos sentimentos… Existem sentimentos que nos mostram novas realidades, novos sentidos, novas formas de ver o mundo.
Podem ser bons sentimentos ou mau sentimentos, mas raramente sabemos quando estão a ser bons ou não para nós. Basta a visão da alma estar turva e não nos permitir ver de verdade, o real sentido do sentimento.
Mas o que podem fazer os sentimentos? Muitos nem reais são… Como nos podemos magoar com eles… Se não sabemos nem a sua forte nem a sua força real… Como é que algo do imaginário real nos pode maltratar?
A força de um sentimento está na realidade da causa efeito, está na realidade da força da alma, da certeza do real. Quando o sentimento passa a ser repisado pode tornar-se uma doença...
Temos neste caso duas doenças… tanto uma como a outra extremamente dolorosas e perigosas. A primeira é a doença do pensamento reprimido, ou seja aquele que uma pessoa tenta esconder, tenta levar no fundo da alma, até não poder mais. A outra a de revolta expressa no olhar, e na voz… no próprio movimento do ser, essa menos perigosa, porque raramente leva a fins trágicos.
Mas vou-me sentar na que me importa e tento entender… a reprimida, a descrita com “errante na espessura do ser”.
Toda ela é perigosa… é vil, matreira, solitária. Vários adjectivos de moralidade duvidosa se podem atribuir a esta. Mas a que sem descrê acho a mais indicada é o Silêncio.
E porque silêncio? O silêncio pois ele é a mais poderosa arma do ser humano, pode derrubar legiões. O silêncio bem utilizado, é terrivelmente mortal… e o nosso subconsciente sabe usar como ninguém.
Por isso é tão perigoso, porque quando damos conta já fomos tomador por ele, envolvidos de tal forma, que quase sempre a única saída é a morte.

Odracir Sotnas

domingo, 12 de julho de 2009

PRIMAVERA NEGRA

Serenamente chegou...É verdade...
Assim chegou...
Sem culpa alguma, digo eu,
Voltamos a encontrar-nos?...
Mas desta vez...é diferente
Começa a fundir um inferno...
As labaredas de paixão,
Não estão, porque???
Ela não sabe???
O primavera que tudo sabes!!!

A solidão tu me lembras...
Ao ver teu amor, fugas,
O sorriso, os pares...
Contudo mas te torno maléfica
Triste... não maléfica

Como uma tempestade sigo,
Para a destruição,
Como cães raivosos...
E tudo se transforma...
Num lago de escuridão.

Desculpa primavera...

Ricardo Santos

quarta-feira, 8 de julho de 2009

FOTA... Finalmente juizo... :)

FOTA vai consultar fãs em relação às regras da F1



A exemplo de uma pesquisa que a FIA realizou há uns anos, a FOTA vai realizar algo parecido, e pretende consultar os fãs sobre futuras alterações nas regras da disciplina. Em declarações produzidas antes da reunião de amanhã em Nurburgring para discutir os regulamentos de 2010, Martin Whitmarsh, diretor da McLaren, disse que a opinião dos fãs é fundamental para a vitalidade da categoria a longo prazo: "A FOTA vai realizar pesquisas, de onde resultam sempre resultados muito interessantes. Anteriormente fizemos uma pesquisa com fãs de F1, mas não aprofundam muito a sua paixão pela disciplina, mas desta vez queremos saber a opinião dos fãs mais assíduos, que se preocupam genuinamente por todos os detalhes da categoria. O que pretendem da F1? Como a poderemos fazer melhor? O que pretendem do espetáculo? O que pretendem da tecnologia? Penso que este processo esteve mal gerido de início pela FIA e pelos detentores dos direitos comerciais, o que levou a diferenças de opinião e filosofia na forma como deveríamos direcionar o esporte.", referiu Whitmarsh, que espera no futuro poder ver maior cooperação entre as equipes e a FIA, referindo que a prioridade passa pela FIA fazer sempre o que for melhor para os fãs: "Temos de ouvi-los mais. Foram realizadas muitas alterações nos últimos anos na F1 e os fãs nunca foram ouvidos.", concluiu.

EM SILÊNCIO

Em silêncio... a noite escoa
O silêncio do mar esvazia...
Sai pela rua ruidosa...
Onde o silencio da minha alma
Elevou pelo ar o ruído
O ruído do silêncio da alma.

A noite em silêncio deixou-me só
Pois, só... triste e só
A chuva cai...
Que noite...
Quebra o silêncio...
O silêncio da minha alma...
A noite passa para o dia...
Mudamos, melhor mudei...

Nasceu... nasceu o dia...
Em silêncio, nasceu
E agora minha alma...
Deixou o ruído do silêncio...
E voou...

RICARDO SANTOS

MORTE


Morte, não peço mais nada...
Queria ter o teu abraço...
Doce e terno abraço, morte...
Quero o abraço forte, sereno e forte,
Quero ser guiado por tuas mãos,
Quero ser guiado, dentro do teu regaço
Pois em ti não há má sorte...

Fecha meus olhos, que sofrem...
Desprende-me de tudo que vi,
Deixa-me nascer... deixa...
Pois em mim, só existe
À tua esperança, a minha esperança
A esperança de quebrar o encanto!!
O encanto...
Que seu olhos tiveram em mim...

Ricardo Santos

terça-feira, 7 de julho de 2009

AR CONDICIONADO... UMA ARMA SILENCIOSA


NÃO ligue o Ar Condicionado mal entre no carro! Abra as janelas assim que entrar no carro, sem ligar o Ar Condicionado.
De acordo com pesquisas, o painel de instrumentos, assentos, tubagens de refrigeração emitem Benzeno, uma toxina causadora de cancro (carcinogéneo- note o cheiro a plástico quente dentro do carro). Além de poder causar cancro, envenena os ossos,causa anemia, reduz os Glóbulos Brancos. A exposição prolon-gada causará Leucemia, aumenta o risco de cancro e pode provocar abortos. O nível interior aceitável de Benzeno é de 0,05 mg por cm2. Um carro estacionado no interior com as janelas fechadas contém 0,37- 0,74 mg de Benzeno. Se estacionado no exterior sob o Sol a uma temperatura superior a 16ºC, o nível de Benzeno ascenderá a 1,84-3,68 mg, 40 vezes superior ao nível aceitável... e as pessoas dentro do carro inevitàvelmente inalarão uma quantidade excessiva de toxinas. Recomenda-se que abra os vidros e porta para sair o ar quente interior antes que entre no carro.
O Benzeno é uma toxina que afecta os Rins e Fígado e um material tóxico muito difícil de ser expelido pelo organismo.

sábado, 4 de julho de 2009

FRASE DO MÊS


"Minha estratégia sempre foi fazer minha própria corrida. Somente você pode determinar seu desafio pessoal. Não deixe a competição, ou seu oponente, determinar qual deve ser seu desafio. "

( Joan Benoit Samuelson )


terça-feira, 16 de junho de 2009

NOTAS SOLTAS

Complicações de sentidos… Crescer de vícios e costumes pouco dignos, sociedade de falhados e RELES perdedores.
Sociedade em que ninguém tem lugar na margem, mas sim no topo e no meio da
Santíssima Virtude…
Falsas ideias estas, de querer algo que não existe, ter o sentir de pressões que simplesmente são fantasias do correr da pena… porque a realidade esta muito longe disso. A realidade é que ninguém sabe ao certo o que é certo ou errado … Todos metem o seu nariz no seu canto e ninguém quer saber do envolver… É estranho… LOL
Os últimos dias foram dias estranhos… Vivi, revivi… Coisas boas, coisas más… Senti o passado a voltar… Teve bons momentos…Realidade quase paralela... Sem valor aparente de realidade.
Mas o crescer dos vícios e costumes ficou vivo de novo… revelou em mim o melhor e o pior… A Raiva, o Ódio, o Rancor… O sentir que não é a penas a sociedade que é feita de falhados e perdedores… mas sentir que fazemos parte disso…
O revelar do vício do útil e do acessível… do só falar quando querer e precisas… o mostrar a Santíssima Rectidão… Mostrar um correr de espelhos negros de profundidade ambígua… Mostrar o olhar gratificado, de sentir que nada te pode acontecer, mas no fundo saberes que és simplesmente uma falsa imagem, um reflexo de ódio e deleite… Triste recordação… Vícios numa sociedade de FALHADOS E PERDEDORES


Ricardo Santos

domingo, 7 de junho de 2009

FRASE DO MÊS



"Todos os homens buscam a felicidade. E não há exceção. Independentemente dos diversos meios que empregam, o fim é o mesmo. O que leva um homem a lançar-se à guerra e outros a evitá-la é o mesmo desejo, embora revestido de visões diferentes. O desejo só dá o último passo com este fim. É isto que motiva as ações de todos os homens, mesmo dos que tiram a própria vida."


(Blaise Pascal)


RESULTADOS ELEIÇÕES EUPOPEIAS SÁTÃO


Aqui fica o resultado das Eleições Europeias no Sátão, para mais informações é só entrar na endereço acima identificado.
Ricardo Santos

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Sabiam que o voto em BRANCO é o mais eficiente!‏


Sabiam que o voto em BRANCO é o mais eficiente!SE VOTAREM EM BRANCO, ou seja, se não escreverem absolutamente nada no boletim de voto, é muito mais eficiente do que riscá-lo.Nenhum politico fala nisto... porquê?Porque se a maioria da votação for de votos em branco eles são obrigados a anular as eleições e fazer novas, mas com outras pessoas diferentes nas listas. Imaginem só a bronca......A legislação eleitoral tem esta opção para correr com quem não nos agrada, mas ninguém fala disso. Não risquem os votos, porque serão anulados e não contam para nada. VOTEM EM BRANCO......!!!!!!!!!!!!!! A maioria de votos em BRANCO anula as eleições..... e demonstra que não queremos ESTES políticos!!!

Alterações ao Código de Trabalho - Versão Eng. Sócrates


Alterações ao Código de Trabalho


1. INDUMENTÁRIA: Informamos que o funcionário deverá trabalhar vestido de acordo com o seu Salário. Se o virmos calçado com uns ténis Adidas de 100 EUR ou com uma bolsa Gucci de 150 EUR, presumiremos que está muito bem de finanças e, portanto, não precisa de aumento. Se ele se vestir de forma pobre, será um sinal de que precisa aprender a controlar melhor o seu dinheiro para que possa comprar roupas melhores e portanto, não precisa de aumento. E se ele se vestir no meio-termo, estará perfeito e, portanto, não precisa de aumento.

2.AUSÊNCIA DEVIDO A DOENÇA:Não vamos mais aceitar uma declaração do médico como prova de doença. Se o funcionário tem condições para ir até ao consultório médico também tem para vir trabalhar.


3. CIRURGIA: As cirurgias são proibidas.Enquanto o funcionário trabalhar nesta empresa, precisará de todos os seus órgãos, portanto, não deve pensar em tirar nada. Nós contratámo-lo inteiro. Remover algo constitui quebra de contrato.


4. AUSÊNCIAS DEVIDO A MOTIVOS PESSOAIS: Cada funcionário receberá 104 dias para assuntos pessoais, em cada ano. Chamam-se Sábados e Domingos.


5. FÉRIAS:Todos os funcionários têm direito a gozar ainda mais 12 dias de férias nos seguintes dias de cada ano:

1 de Janeiro,

Dia de Páscoa,

25 de Abril,

1 de Maio,

10 de Junho,

15 de Agosto,

5 de Outubro,

1 de Novembro,

1 de Dezembro,

8 de Dezembro,

25 de Dezembro.


6. AUSÊNCIA DEVIDO AO FALECIMENTO DE ENTE QUERIDO: Esta não é uma justificação para perder um dia de trabalho.
Não há nada que se possa fazer pelos amigos, parentes ou colegas de trabalho falecidos. Todo o esforço deverá ser empenhado para que os não-funcionários cuidem dos detalhes. Nos casos raros, onde o envolvimento do funcionário é necessário, o enterro deverá ser marcado para o final da tarde. Teremos prazer em permitir que o funcionário trabalhe durante o horário do almoço e, daí sair uma hora mais cedo, desde que o seu trabalho esteja em dia.

7. AUSÊNCIA DEVIDO À SUA PRÓPRIA MORTE:Isto será aceite como desculpa.Entretanto, exigimos pelo menos 15 dias de aviso prévio, visto que cabe ao funcionário treinar o seu substituto.

8. O USO DO WC:Os funcionários estão a passar tempo demais na casa de banho.
No futuro, seguiremos o sistema de ordem alfabética. Por exemplo, todos os funcionários cujos nomes começam com a letra 'A' irão entre as 9:00 e 9:20, aqueles com a letra 'B' entre 9:20 e 9:40, etc. Se não puder ir na hora designada, será preciso esperar a sua vez, no dia seguinte. Em caso de emergência, os funcionários poderão trocar o seu horário com um colega. Ambos os chefes dos funcionários deverão aprovar essa troca, por escrito.
Adicionalmente, agora há um limite estritamente máximo de 3 minutos na sanita. Acabando esses 3 minutos, um alarme tocará, o rolo de papel higiénico será recolhido, a porta da sanita abrir-se-á e uma foto será tirada. Se for repetente, a foto será afixada no quadro de avisos e Intranet do Serviço com o título infractor Crónico.

9. A HORA DO ALMOÇO: Os magros têm 30 minutos para o almoço, porque precisam comer mais para parecerem saudáveis.As pessoas de tamanho normal têm 15 minutos para comer uma refeição balanceada que sustente o seu corpo mediano.Os gordos têm 5 minutos, porque é tudo que precisam para tomar uma salada e um moderador de apetite.
Muito obrigado pela sua fidelidade à nossa empresa.Estamos aqui para proporcionar uma experiência laboral positiva. Portanto, todas as dúvidas, comentários, preocupações, reclamações, frustrações, irritações, desagravos, insinuações, alegações, acusações, observações, consternações e quaisquer outras... deverão ser dirigidas para outro lugar.
Tenham uma boa semana.


Eng SOOCRATESSSSSSS
(Primeiro Ministro)