quinta-feira, 28 de maio de 2009

Sabiam que o voto em BRANCO é o mais eficiente!‏


Sabiam que o voto em BRANCO é o mais eficiente!SE VOTAREM EM BRANCO, ou seja, se não escreverem absolutamente nada no boletim de voto, é muito mais eficiente do que riscá-lo.Nenhum politico fala nisto... porquê?Porque se a maioria da votação for de votos em branco eles são obrigados a anular as eleições e fazer novas, mas com outras pessoas diferentes nas listas. Imaginem só a bronca......A legislação eleitoral tem esta opção para correr com quem não nos agrada, mas ninguém fala disso. Não risquem os votos, porque serão anulados e não contam para nada. VOTEM EM BRANCO......!!!!!!!!!!!!!! A maioria de votos em BRANCO anula as eleições..... e demonstra que não queremos ESTES políticos!!!

Alterações ao Código de Trabalho - Versão Eng. Sócrates


Alterações ao Código de Trabalho


1. INDUMENTÁRIA: Informamos que o funcionário deverá trabalhar vestido de acordo com o seu Salário. Se o virmos calçado com uns ténis Adidas de 100 EUR ou com uma bolsa Gucci de 150 EUR, presumiremos que está muito bem de finanças e, portanto, não precisa de aumento. Se ele se vestir de forma pobre, será um sinal de que precisa aprender a controlar melhor o seu dinheiro para que possa comprar roupas melhores e portanto, não precisa de aumento. E se ele se vestir no meio-termo, estará perfeito e, portanto, não precisa de aumento.

2.AUSÊNCIA DEVIDO A DOENÇA:Não vamos mais aceitar uma declaração do médico como prova de doença. Se o funcionário tem condições para ir até ao consultório médico também tem para vir trabalhar.


3. CIRURGIA: As cirurgias são proibidas.Enquanto o funcionário trabalhar nesta empresa, precisará de todos os seus órgãos, portanto, não deve pensar em tirar nada. Nós contratámo-lo inteiro. Remover algo constitui quebra de contrato.


4. AUSÊNCIAS DEVIDO A MOTIVOS PESSOAIS: Cada funcionário receberá 104 dias para assuntos pessoais, em cada ano. Chamam-se Sábados e Domingos.


5. FÉRIAS:Todos os funcionários têm direito a gozar ainda mais 12 dias de férias nos seguintes dias de cada ano:

1 de Janeiro,

Dia de Páscoa,

25 de Abril,

1 de Maio,

10 de Junho,

15 de Agosto,

5 de Outubro,

1 de Novembro,

1 de Dezembro,

8 de Dezembro,

25 de Dezembro.


6. AUSÊNCIA DEVIDO AO FALECIMENTO DE ENTE QUERIDO: Esta não é uma justificação para perder um dia de trabalho.
Não há nada que se possa fazer pelos amigos, parentes ou colegas de trabalho falecidos. Todo o esforço deverá ser empenhado para que os não-funcionários cuidem dos detalhes. Nos casos raros, onde o envolvimento do funcionário é necessário, o enterro deverá ser marcado para o final da tarde. Teremos prazer em permitir que o funcionário trabalhe durante o horário do almoço e, daí sair uma hora mais cedo, desde que o seu trabalho esteja em dia.

7. AUSÊNCIA DEVIDO À SUA PRÓPRIA MORTE:Isto será aceite como desculpa.Entretanto, exigimos pelo menos 15 dias de aviso prévio, visto que cabe ao funcionário treinar o seu substituto.

8. O USO DO WC:Os funcionários estão a passar tempo demais na casa de banho.
No futuro, seguiremos o sistema de ordem alfabética. Por exemplo, todos os funcionários cujos nomes começam com a letra 'A' irão entre as 9:00 e 9:20, aqueles com a letra 'B' entre 9:20 e 9:40, etc. Se não puder ir na hora designada, será preciso esperar a sua vez, no dia seguinte. Em caso de emergência, os funcionários poderão trocar o seu horário com um colega. Ambos os chefes dos funcionários deverão aprovar essa troca, por escrito.
Adicionalmente, agora há um limite estritamente máximo de 3 minutos na sanita. Acabando esses 3 minutos, um alarme tocará, o rolo de papel higiénico será recolhido, a porta da sanita abrir-se-á e uma foto será tirada. Se for repetente, a foto será afixada no quadro de avisos e Intranet do Serviço com o título infractor Crónico.

9. A HORA DO ALMOÇO: Os magros têm 30 minutos para o almoço, porque precisam comer mais para parecerem saudáveis.As pessoas de tamanho normal têm 15 minutos para comer uma refeição balanceada que sustente o seu corpo mediano.Os gordos têm 5 minutos, porque é tudo que precisam para tomar uma salada e um moderador de apetite.
Muito obrigado pela sua fidelidade à nossa empresa.Estamos aqui para proporcionar uma experiência laboral positiva. Portanto, todas as dúvidas, comentários, preocupações, reclamações, frustrações, irritações, desagravos, insinuações, alegações, acusações, observações, consternações e quaisquer outras... deverão ser dirigidas para outro lugar.
Tenham uma boa semana.


Eng SOOCRATESSSSSSS
(Primeiro Ministro)

quinta-feira, 21 de maio de 2009

terça-feira, 19 de maio de 2009

VOLTAS E VOLTAS DA NATUREZA CANINA

video

FRASE DO MÊS

O amor é inseparável da morte. Sabes que amas porque te esqueceste de que existes; porque morreste para ti mesmo, para viveres naqueles que amas. Se eles estiverem bem, então tu estás bem, ainda que estejas mal.

Paulo Geraldo
Filosofia que sempre tive, e espero que continue a ter... Pois o amor maior, é o deixar ser feliz quem amamos...

segunda-feira, 18 de maio de 2009

CASAMENTO


Casamento, casório ou matrimônio/matrimónio é o vínculo estabelecido entre duas pessoas, mediante o reconhecimento governamental, religioso ou social e que pressupõe uma relação interpessoal de intimidade, cuja representação arquetípica são as relações sexuais, embora possa ser visto por muitos como um contrato.
Na maior parte das sociedades, só é reconhecido o casamento entre um homem e uma mulher. Em alguns países (em Novembro de 2008, a Holanda, a África do Sul, o Canadá, a Noruega, a Bélgica e a Espanha), estados federados (o Massachusetts e o Connecticut) e confissões religiosas (protestantes), é também institucionalmente reconhecido o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo.
Embora o casamento seja tipicamente entre duas pessoas, muitas sociedades admitem que o mesmo homem (ou, mais raramente, a mesma mulher) esteja casado com várias mulheres (ou homens, respectivamente). Embora muito raros, há algumas situações de sociedades em que mais que duas pessoas se casam umas com as outras num grupo coeso.
As pessoas casam-se por várias razões, mas normalmente o fazem para dar visibilidade à sua relação afetiva, para buscar estabilidade econômica e social, para formar família, procriar e educar seus filhos, legitimar o relacionamento sexual ou para obter direitos como nacionalidade.
Um casamento é frequentemente iniciado pela celebração de uma boda, que pode ser oficiada por um ministro religioso (padre, rabino, pastor etc.), por um oficial do registro civil (normalmente juiz de casamentos) ou por um indivíduo que goza da confiança das duas pessoas que pretendem se unir.

A palavra casamento é derivada de "casa", enquanto que matrimonio tem origem no radical mater ("mãe") seguindo o mesmo modelo lexical de "patrimônio".´


quarta-feira, 13 de maio de 2009

AUTARQUICAS VISEU 2009


México: Férias grátis para quem apanhar Gripe A em hotéis :)

Um grupo de hotéis de Cancún e da Riviera Maya estão a convidar turistas mexicanos e estrangeiros a visitar a região e oferecem férias gratuitas durante 3 anos se comprovarem que se foram contagiados com Gripe A após a estada nas Caraíbas mexicanas, disse hoje um dos organizadores.


«No caso de ser comprovado que um turista foi contagiado aqui nas férias, se nos mandarem uma análise de sangue que confirme que se trata do vírus AH1N1 e que o contágio se manifestou até 14 dias após a saída, terá férias de graça durante 3 anos com um acompanhante», disse à imprensa empresário Fernando García Zalvidea.
O também diretor-geral do consórcio Nacional Real Resorts disse que oito hotéis aderiram à iniciativa, que visa recuperar a ocupação, que caiu para 20% neste período.
A epidemia já causou 58 mortos e 2.224 infectados no México, e afectou diversos setores económicos, sobretudo o turismo.
García Zalvidea explicou que os empresários do setor que se uniram à campanha desinfectam paredes, portas, varandas, escrivaninhas e quartos dos estabelecimentos.
O empresário disse que os hotéis mantiveram conversas com outras cadeias mexicanas que se interessaram em participar.
A Gripe A é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado H1N1. Este é transmitido de pessoa para pessoa e tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, com febre superior a 38ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal.
Para diagnosticar a infecção, é necessário recolher uma amostra respiratória tada nos quatro ou cinco primeiros dias da doença, quando a pessoa infectada espalha vírus, e examinada em laboratório.
Os antigripais Tamiflu e Relenza, já utilizados contra a gripe aviária, são eficazes contra o vírus H1N1, segundo testes laboratoriais, e parecem ter dado resultados práticos, de acordo com o CDC (Centros de Controlo de Doenças dos Estados Unidos).

Renault alinha com Ferrari e boicota 2010

MAIS UMA EQUIPA CONTRA O NOVO REGULAMENTO


A Renault seguiu os passos da Ferrari e afirmou que não se inscreverá na temporada de 2010 caso a FIA mantenha o regulamento previsto para essa temporada, sobretudo a parte respeitante à introdução de um limite orçamental para as equipas.
"Se as decisões anunciadas pelo Conselho Mundial da FIA a 29 de abril não forem revistas, não teremos outra saída que não seja retirar do Mundial de F1 no final de 2009", garantiu o diretor da renault, Flavio Briatore.
Toyota e a duas equipas detidas pela Red Bull, Red Bull Racing e Toro Rossi, também já tinham deixado avisos semelhantes no passado fim-de-semana, ao que se seguiu o anúncio da Ferrari, ontem.
O construtor francês também manifestou a sua frustração por a FIA ter "ignorado por completo" as propostas de cortes de custos da FOTA (associação de equipas de F1).
"O nosso objetivo é reduzir custos mantendo os elevados padrões que fazem da F1 uma das marcas mais prestigiadas no mercado. Queremos atingir este objetivo de forma coordenada com os órgãos reguladores e comerciais e recusamos aceitar medidas unilaterais por parte da
FIA", disse Briatore.
Bernard Rey, presidente da equipa, acrescentou que o construtor francês continua comprometido com a competição mas não se pode envolver "num campeonato com dois regulamentos diferentes".
"Se estas regras entrarem em vigor, seremos forçados a sair no final da presente temporada", frisou.

Os novos regulamentos estão a reduzir as capacidades das grandes marcas, na opinião de muitas criando uma igualdade entre todos, mas sendo assim, vai se perder muito do encanto da F1, já para não falar de todo o espirito que será destruido por todas as novas regras na F1.


Odracir