domingo, 8 de abril de 2018

Bebida minada II


Acordo e volta… semente louca para ver a luz…
Continuo a espera… 
Segue a vida… segue, não espera por mim…
Perdi tanto tempo… tanta esperança… noites sem ver dia…
Entre uma bebida e mais um sorriso… 
Entre um olhar… e sem sinal…
Despertou o melhor em mim…
Sinto-me pequeno… mas capaz de mover montanhas…
Voltava a beber cada gota… 
Para acordar… e a semente brotar e conseguir ver a luz…

Nenhum comentário: