quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Passadeira…Qual o teu propósito?


Depois de muitas e muitas queixas recebidas, resolvi escrever sobre outro insólito da Câmara Municipal de Sátão. O título, só por si, já diz quase tudo, mas eu explico.
Após uma pesquisa sobre o assunto, reparei que existem, infelizmente, ainda muitos acidentes nas passadeiras, mas reparei ainda que acontecem muitos mais nas passadeiras pouco visíveis ou em mau estado de conservação.
O Sátão tem de tudo um pouco, desde passadeiras que estão em estado muito desgastado, passadeiras novas que são “invisíveis” e até duplas passadeiras.
É extraordinário que todo o concelho se encontra neste estado… Em quase todas as freguesias existem uma ou mais passadeiras que estão em avançado estado de degradação. Mas de todas as passadeiras as mais incríveis, e que devem ser únicas no mundo, são as passadeiras “invisíveis”. A avenida principal da vila de Sátão sofreu uma recente remodelação que entre muitas outras coisas pelas quais que peca, (mas para agora não interessa), tem umas passadeiras que são praticamente invisíveis, muitas vezes se não é a sinalização vertical ninguém dá por elas.
Eu não acredito que a Autarquia seja insensível a tal facto, muito provavelmente é mais um dos muitos casos de distração a que esta equipa autárquica nos tem habituado!
Eu acredito que a autarquia, após ter conhecimento desta sua distração, irá resolver o assunto. Sei que não estamos em tempos de gastos de dinheiros não planeados… Mas eu deixo uma simples pergunta? Quanto vale a integridade física e a vida de uma pessoa?
Posto tudo isto e como não tenho a certeza que a Câmara vai ter em atenção o que dizemos, (o que acontece a grande parte das vezes), a Juventude Socialista de Sátão irá entregar na Câmara Municipal de Sátão um projeto denominado “Passadeiras Visíveis = Peões Protegidos”.
Um projeto simples e objetivo. O projeto passa pela “recolha” de todas as passadeiras do concelho para, em seguida, serem avaliadas e reestruturadas.
Algo tão simples pode salvar uma vida.

Um comentário:

Quase nos "entas" disse...

infelizmnete as passadeiras NÂO SÂO SEGURAS!!! nem mesmo as visiveis....e bem sinalizadas....